Frangos de corte

Como é produzida a carne mais consumida pelos brasileiros? 

Por que dar atenção aos frangos?

Além de representarem a espécie terrestre mais numerosa criada para consumo humano, com mais de 5 bilhões por ano, são submetidos a péssimas condições confinados em galpões. Quando a indústria prioriza o lucro e o atendimento de hábitos alimentares pelo prazer do paladar em proporções desnecessárias, os animais pagam muito caro.

Entenda os principais
problemas da avicultura de corte

Para começar é preciso intensificar ao máximo o espaço de criação, o que gera um ambiente superlotado, geralmente em um galpão fechado e quase sem espaço para as aves se moverem, abrirem suas asas, tomarem banho de areia, ciscarem, explorarem o ambiente, que são tão importantes para seu bem-estar. Isso torna esse ambiente desconfortável e insalubre, além de que o piso fica tão sujo de dejetos, e o ar com níveis altos de amônia, CO2 e poeira, que afetam diretamente a sua saúde.

Além de intensificar a produção, é preciso acelerá-la, pois quanto mais rápido o frango estiver pronto para o abate, o preço final será mais competitivo e maior será sua rentabilidade. Para isso, dois procedimentos são utilizados: seleção genética e antibióticos para promover o crescimento.

chicken 8
frango4

Melhoramento genético
ou antiético?

A seleção genética é um processo que já acontece há décadas, e visa selecionar características desejáveis para uma maior produtividade e lucro. Uma dessas características é o crescimento rápido, de até 3 vezes mais que o natural, o que provoca um um descompasso entre o desenvolvimentos dos seus órgãos e dos músculos, gerando problemas locomotores (ósseos e articulares) dolorosos, sobrecarga de coração e pulmões, e lesões de pele e nas patas.

Para que servem os antibióticos?

A avicultura utiliza comumente esses medicamentos para que as aves absorvam mais nutrientes da ração, sofram menos de diarreia, ganhando peso de forma mais rápida. Porém, esse uso indiscriminado cria condições para que surjam bactérias resistentes a esses antibióticos, conhecidas como superbactérias. Com isso, o tratamento de doenças causadas por esses patógenos não será possível.

10832344675_e21ae11a8e_3k
eat-897951_1920

A hora do abate

Por fim, chega o momento do abate. Os frangos são pendurados vivos de cabeça para baixo em estruturas metálicas e mergulhados em uma água eletrificada para que percam a consciência antes do abate.  Porém esse método é muito falho, pois se os parâmetros elétricos não estiverem bem ajustados, as aves ainda estarão conscientes e sofrerão intensamente.

Cenário Mundial

No mundo*, muito dessas práticas estão sendo revistas e o Brasil não pode ficar fora discussão, ainda mais por ser o terceiro maior produtor de frango de corte do mundo, e o maior exportador.

O conhecimento dessa realidade é necessário para exigir que a indústria de frango de corte se comprometa e implemente práticas de bem-estar-animal, visando uma redução do sofrimento dos animais que já estão sendo explorados pela indústria.

Com o conhecimento dessa realidade, também fica a pergunta: seria o frango uma carne mais saudável?

 

* Better Chicken Commitment

Saiba mais sobre

Galinhas
Poedeiras

Você não tem pena?


Suínos

Não são apenas sencientes, mas
muito inteligentes e precisam de ajuda.

Frangos
de Corte

Como é produzida a carne
mais consumida pelos brasileiros?


Peixes

Será que o mar está pra peixe?

Bovinos
Leiteiros

Quem vem primeiro: o leite ou o bezerro?

Responsabilidade corporativa

Como a indústria se compromete
a fazer a diferença pelos animais

A sua colaboração fortalece a defesa das nossas causas.

Shopping Basket